PM do DF suspeito de matar professores se entrega e alega legítima defesa

PM do DF suspeito de matar professores se entrega e alega legítima defesa

- em NOTÍCIAS
0
Foto: WahtsApp / Águas Lindas News
Foto: WahtsApp / Águas Lindas News

Orlando Bernadino de Melo, 49 anos, sargento reformado da Polícia Militar do Distrito Federal, que é suspeito de ter matado e carbonizada a ex-mulher e a namorado dela se entregou à polícia nesta quarta-feira (31/8). Durante o interrogatório, de acordo com a PCDF, ele alegou que cometeu o crime por legítima defesa. Logo depois, a Justiça expediu um mandado temporário, e ele foi preso.

Leia Também: Professores são brutalmente assassinados em Águas Lindas

O crime ocorreu no domingo (28/8), quando a professora da rede estadual Milena Barbosa de Melo, 33 anos, e seu colega de trabalho Antônio Vidal da Silva foram encontrados carbonizados dentro de um carro estacionado na casa da mulher. O crime teria ocorrido entre 2h e 4h na quadra 56 do Jardim Pérola 2, em Águas Lindas de Goiás.

Dentro da residência, muito sangue espalhado por diversos cômodos dão indícios de um brutal homicídio. A palavra “traição” estava escrita com sangue em uma parede da casa.

professores-assassinados-em-aguas-lindas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *